Início > Diversos > O preconceito contra a mulher no Brasil

O preconceito contra a mulher no Brasil

Resolvi fazer este post após ler a excelente entrevista da jóquei brasileira Maylan Stuart na revista Veja, em 8 de Abril de 2009 (http://veja.abril.com.br/080409/p_121.shtml).

Nessa entrevista, Maylan fala sobre o porquê acabou indo competir nos EUA e como era difícil para ela conseguir algum apoio aqui no Brasil. Grande parte disso, devido ao fato dela ser mulher. O que aconteceu? Acabou indo para os EUA, onde ela foi realmente valorizada. Mais uma vez o Brasil sai perdendo devido ao simples fato do preconceito contra a mulher.

Já ouvi tanta piada sobre mulher (todas discriminatórias) que não sei nem por onde começar. A mulher é vítimas de tudo. Mulher não pode ser engenheira, pois são os “homens que possuem maior raciocínio lógico”. Mulher não pode ser pilota. Mulher não pode participar de grande parte dos esportes…

Piadas referentes a mulher no volante então… Os homens ignoram o fato de que menos de 5% dos acidentes de trânsito são causados pelas mulheres. Já vi inclusive homens fazendo tais brincadeiras com suas namoradas. Agora eu pergunto: será que elas acharam engraçado? A maioria dos homens vão dizer: “tem que levar na esportiva”. Mas aposto que esse mesmo homem que fez a piada para sua namorada não iria levar na esportiva se ela tivesse dito o mesmo para ele.

Para o homem típico, mulher só serve para transar e cuidar dos filhos. Lugar de mulher é em casa. A mesma mentalidade de séculos passados, que ainda sobrevive na maioria dos países, o Brasil incluso.

Como homem, me sinto muito orgulhoso ao saber que as mulheres estão conquistando cada vez mais postos de trabalho. Ainda a passos curtos é verdade, mas estão. Para mim, os dois sexos tem exatamente as mesmas capacidades, em tudo.

Fico feliz que grande parte das mulheres de hoje não gostam (e deixam claro isso por suas expressões faciais) de homens machistas e egoístas. Ainda sim, isso não é suficiente. Os homens precisam fazer sua parte também. É preciso que deixem de serem covardes e que não riam (ou, melhor ainda, julguem) quando um “amigo” seu fazer uma dessas piadas. É nessas horas que você vê o quanto o “homem” é um covarde nato. Como não tem imaginação para fazer piadas realmente engraçadas, apelam para tais piadinhas, que, no fundo, apenas ofendem.

Para terminar este post, deixo uma citação (supostamente escrita por Arnaldo Jabor, apesar de eu não ter encontrado informação oficial sobre isso):

Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada; Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai; Brasileiro tem um sério problema, quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

Você pode ler este último texto na íntegra em: O povo brasileiro segundo “Arnaldo Jabor”.

Anúncios
Categorias:Diversos
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: